TecnologiaEmpreendedor

Google Meu Negócio: saiba como colocar seu negócio no Google

Postado em: 26 de Junho às 19:32

Pequenos empreendimentos contam com uma série de recursos gratuitos do Google Meu Negócio para aparecer no buscador mais usado em todo o mundo

Se você está começando a construir a presença digital do seu empreendimento, saiba que o Google Meu Negócio é um dos mecanismos que oferece maior retorno a pequenos empreendedores, já que permite que seu estabelecimento seja facilmente encontrado pelos consumidores.

Antes de falarmos sobre a ferramenta, é importante destacar que estar no Google é um requisito básico para ter o mínimo de competitividade, independente de qual seja seu segmento de atuação. Para se ter uma ideia, de acordo com o NetMarketShare 94% das buscas pela Internet em todo o mundo são feitas pelo buscador.

Sobre o Google Meu Negócio, trata-se de uma plataforma gratuita específica para empresas com inúmeros recursos e que tem como objetivo conectar usuários que buscam um determinado produto ou serviço a empreendimentos que o ofereçam e que, de preferência, estejam mais próximos da sua região.

Se você usar o celular para pesquisar por um termo como “pizzaria”, por exemplo, o buscador, usando o recurso de geolocalização do seu aparelho, saberá o local em que você se encontra e apresentará por primeiro as pizzarias próximas à sua região, dando maior destaque àquelas com melhores notas de avaliação por parte dos consumidores. Por outro lado, se você pesquisar no buscador o nome exato da pizzaria, o primeiro resultado será a página do local cadastrada no Google. E para que, quando um consumidor pesquisar pelo nome do seu empreendimento ou pelos produtos que você comercializa, ele tenha as informações de que precisa e decida por consumir seus produtos, é essencial que você cadastre seu negócio no buscador.

Quais informações posso colocar no Google Meu Negócio?

A ferramenta permite que você adicione uma série de informações que poderão ser bastante úteis aos seus atuais e futuros clientes. Nela é possível inserir uma descrição sobre o empreendimento e os produtos que comercializa, telefones de contato, horários de funcionamento, endereço, site e várias outras informações.

Quanto aos horários de atendimento, ocasionalmente você pode precisar alterar essas informações temporariamente, como é o caso de informar que em determinado feriado você não vai atender ou que durante certo período o empreendimento estará em férias coletivas. Um bom exemplo disso é o período de isolamento social, com muitos estabelecimentos de alimentação tendo suas atividades temporariamente suspensas ou seus horários alterados. Quando houver alguma alteração no atendimento, é muito importante ir até o site do Google Meu Negócio e atualizar as informações para seus clientes.

A ferramenta também oferece um espaço para que o usuário faça perguntas sobre seu negócio e outro para que os consumidores avaliem a experiência que tiveram com seu estabelecimento. Quanto a essas avaliações, o usuário precisa selecionar uma nota (entre 1 e 5) e pode deixar um comentário descrevendo como foi sua experiência e até mesmo publicar fotos que tenha tirado dos seus produtos. Ter uma boa nota a partir da avaliação dos clientes pode ser um divisor de águas para o seu empreendimento. Isso porque, como dito acima, o buscador prioriza a exibição de empreendimentos com as melhores avaliações. Além disso, outros clientes podem escolher consumir do seu estabelecimento caso percebam que várias outras pessoas tiveram boas experiências. Vale destacar que você, como proprietário do negócio, pode interagir com os clientes, respondendo às perguntas e avaliações.

Outro recurso muito bem-vindo para empreendimentos que contam com ponto físico é que o Google Meu Negócio é integrado com o serviço de mapas do buscador, isto é, ao pesquisar pelo seu estabelecimento, o usuário terá acesso à distância e ao melhor trajeto até o estabelecimento.

Há, ainda, uma série de outros recursos disponíveis dentro da plataforma, como publicação de imagens dos seus produtos, criação de anúncios pagos segmentados e até mesmo acesso ao desempenho do perfil dentro do buscador, com dados como o número de pessoas que buscaram pelo nome do negócio, quais palavras mais usadas para encontrá-lo, entre outros.

Agora que você já sabe como o principal buscador do mundo pode te ajudar a ser encontrado pelo seu público e a aumentar consideravelmente suas vendas, veja abaixo o passo a passo para cadastrar seu empreendimento!

Como fazer meu cadastro no Google Meu Negócio?

 

1. Acesse o site do Google Meu Negócio (www.google.com.br/business) e clique em “Gerenciar agora”.

Academia Assaí - Como fazer o cadastro no Google Meu Negócio

2. Clique no item “Inclua sua empresa no Google”.

Agora é hora de preencher os campos com o nome do empreendimento e a categoria do negócio.

Academia Assaí - Como fazer o cadastro no Google Meu Negócio

3. Defina se seu empreendimento terá um ponto físico com endereço a ser exibido pelo Google ao ser buscado.

Academia Assaí - Como fazer o cadastro no Google Meu Negócio

4. Informe os dados básicos

Nessa etapa você deverá preencher alguns dados básicos de contato com o Google. Um dos dados solicitados é o site do estabelecimento. Caso não tenha um, a plataforma oferece um recurso para a criação de uma página gratuita. Se quiser usar essa ferramenta, é só clicar em “Criar um site gratuito com base nas suas informações”.

5. Conclua o cadastro

Pronto! Agora é só clicar em “Concluir” para finalizar o cadastro.

A partir desse momento você passa a ter acesso a uma página para gerenciar o perfil do seu negócio no Google. Porém ainda não será possível editar as informações e o empreendimento ainda não aparecerá nas buscas, já que o Google faz um processo de verificação para confirmar que você é, de fato, o proprietário do negócio, antes de efetivar o cadastro.

Para isso, a empresa enviará uma correspondência para o endereço cadastrado (caso você tenha informado que não possui um ponto físico de atendimento, antes de concluir o processo de cadastro será preciso informar um endereço de correspondência) com um código a ser usado para confirmar seu cadastro na plataforma. Esse código normalmente é enviado pelos Correios e normalmente demora até duas semanas para chegar.

6. Adicione informações ao seu perfil

Depois de confirmar sua localização, você estará livre para inserir todas as informações sobre o negócio. É hora de caprichar nos detalhes e adicionar fotos dos produtos e também do estabelecimento, caso tenha um ponto físico de atendimento.

Depois de tudo isso, lembre-se de dedicar periodicamente algum tempo respondendo a avaliações e eventuais perguntas de clientes e atualizando o perfil quando houver necessidade. Quanto às avaliações, mesmo que se tratem de críticas, seja gentil e tente resolver o problema da melhor maneira possível, já que todas as informações são públicas e outros usuários poderão até valorizar a forma como você respondeu e lidou com a reclamação de um cliente.

Para conhecer outros recursos gratuitos que podem beneficiar seu empreendimento, confira também o post 5 ferramentas gratuitas para ajudar pequenos negócios de alimentação!

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola