Dicas

Por que incluir pratos veganos no seu negócio

Postado em: 06 de Janeiro às 17:43 Por Paulo Henrique Ribas

Estima-se que, no Brasil, 5 milhões de pessoas sigam as práticas do veganismo. Como esse número tem crescido gradativamente com o passar dos anos, no post de hoje, falaremos a  sobre esse tema e por que incluir pratos veganos no seu negócio. Confira!

Veganos não apenas deixam de consumir alimentos de origem animal. Na realidade, pessoas que seguem esse estilo de vida deixam de lado o uso de qualquer produto de origem animal, seja na alimentação ou no vestuário (como maquiagens, roupas, acessórios e até itens de higiene).

O processo para se tornar um restaurante ou estabelecimento vegano é extenso e exige uma série de mudanças. Contudo, nosso objetivo é mostrar os benefícios de oferecer opções para atender a esse segmento, mesmo que esse não seja o principal foco do seu empreendimento, uma vez que existe um crescimento de mercado e oportunidades de vendas ao incluir práticas veganas no seu negócio.
 

Redução de custos

Embora adentrar no universo vegano pareça um bicho de sete cabeças, isso está muito mais ligado à sua criatividade e capacidade de explorar pratos comuns, como arroz, feijão e demais combinações de nutrientes, a um baixo custo.

Um exemplo disso pode ser notado em uma hamburgueria. Se você atua nesse ramo, sabe bem os custos de um hambúrguer de costela, por exemplo. Substituir a proteína por uma opção vegana certamente será mais econômica, uma vez que produtos como grão de bico e jaca são mais baratos que 1 quilo de carne, certo?

 

Aumento da clientela e do faturamento

A inclusão de alimentos veganos pode aumentar seu público consumidor e, consequentemente, o volume de vendas.

Existe uma tendência no consumo que atribui em seus processos questões de ética e valores pessoais. Nesse sentido, esse aumento na cartela de produtos do seu negócio atrai praticantes e simpatizantes do veganismo.

 

Melhora na credibilidade do estabelecimento

Para se ter ideia, somente no Instagram, a tag #vegan tem mais de 79 milhões de posts listados. Isso significa que a quantidade de pessoas e engajamento do veganismo é altamente favorável à visibilidade do seu estabelecimento, tendo em mente que, ao postar uma foto, o usuário marca a sua página das mídias sociais, divulgando suas opções de alimentos veganos para outras pessoas que são engajadas ao estilo de vida vegan.

Para tanto, é preciso repensar o cardápio e trazer alternativas que se encaixem no estilo de alimentação vegana: produtos frescos, 100% naturais, de qualidade e origem confiáveis.

É possível substituir alguns ingredientes para tornar uma receita vegana, por exemplo, assim facilita na hora de trazer mais variedade para o seu negócio e ir adaptando-se aos poucos.

A substituição de queijos de origem animal pelo de soja, da carne por mistura vegetal de leguminosas com alto valor proteico (soja, lentilha, grão-de-bico) ou de óleos e gorduras por manteiga ghee e o óleo de coco.

Além disso, é preciso estar atento a todos os processos que envolvem a produção de cada receita: louças, talheres e utensílios também não podem ter ligação com nenhuma origem animal. É preciso estudar as marcas que disponibilizam produtos veganos e pesquisar bastante sobre o assunto para entender como servir corretamente os clientes.

Oferecer ao seu público pratos funcionais, que são feitos com produtos vegetais e que, consequentemente atende também pessoas não veganas, tais como aquelas que se preocupam com a alimentação saudável, é uma maneira simples de variar o cardápio do seu negócio e torná-lo mais completo.

Por que não pensar também nesses nichos? A alimentação vegana é tendência mundial e você e seu negócio só têm a ganhar com a inclusão dessa opção. Aproveite o crescimento do mercado vegano e atenda aos interesses de um público interessado por esse estilo de vida.

Se você gostou deste material, compartilhe em suas mídias sociais e nos marque na postagem. Se estiver buscando por outros materiais voltados ao empreendedorismo, acesse o blog da Academia Assaí Bons Negócios!

 

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola