Negócios

4 possibilidades de negócios alimentícios empreender em casa

Postado em: 23 de Fevereiro de 2021 às 21:40 Por Paulo Henrique Ribas

Muitas pessoas que trabalham com a venda de alimentos começaram empreendendo de casa, diretamente de suas cozinhas.

Segundo uma pesquisa do IBGE, o brasileiro gasta, em média, cerca de 25% de sua renda com alimentação fora do lar. Além disso, com o aumento das vendas por delivery ocasionado pela pandemia, esse número pode ser considerado ainda maior.

Nesse cenário, muitas pessoas buscam empreender em casa, utilizando a própria cozinha como forma de fazer uma renda extra, ou trabalhar por conta própria.
Segundo um levantamento realizado pelo SEBRAE, 53% dos negócios lançados durante a pandemia são voltados ao ramo alimentício. Se você já faz parte dessa estatística, acompanhe a leitura para obter novas ideias de negócio e ampliar sua renda.

Existem inúmeras vantagens de empreender no setor alimentício, ainda mais utilizando a própria cozinha. A variedade de opções de produtos que podem ser oferecidos, a entrega terceirizada por meio de aplicativos, a redução de custos com investimentos na montagem de estruturas iniciais e muito mais.

Se você deseja empreender em casa, utilizando sua cozinha e seus dotes culinários, este material foi feito para você! Confira abaixo algumas ideias de empreendimento e as principais buscas realizadas no site do SEBRAE.

Antes de mais nada, é importante ressaltar que conhecimento sobre as preferências e exigências do público para o qual irá vender é fundamental. Aqui no blog da Academia Assaí Bons Negócios, temos diversos materiais que podem auxiliá-lo(a) nesse processo, como, por exemplo, o tema como mapear preferências de consumo para alcançar novos mercados. Ao terminar de ler esse material, busque outros temas em nossa galeria completa.

Agora, vamos ao que interessa:

1 - Refeições congeladas
Academia Assaí - Empreendendo em casa - Refeições congeladas

Muitas pessoas preferem ganhar tempo e investir na compra de refeições congeladas para a semana toda, por isso, nossa primeira dica é a atuação nesse segmento.

A demanda nesse ramo cresceu graças ao segmento fit, voltado àqueles que desejam alimentar-se bem e deixar de lado o fast-food e outros alimentos ultraprocessados.

Além disso, você não precisa necessariamente atuar com alimentação saudável, mas, sim, elaborar pratos que possam ser congelados e vendidos em grande quantidade.

Aqui, vale caprichar na variedade dos pratos e pensar em um cardápio atrativo para a semana toda, voltado sempre ao interesse dos possíveis consumidores.

2- Pães e massas artesanais 

Academia Assaí - Empreendendo em casa - pães e massas artesanais

Como citamos acima, o consumidor atual tem buscado alimentos que proporcionem algum benefício nutricional, dando preferência a pratos de origem caseira.

Sabe aquela receita que a sua avó escrevia na caderneta e guardava a sete chaves? É a hora de botar a mão na massa e usá-la para investir nesse segmento. A procura por pães e bolos de fermentação natural tem sido uma constante. Quem trabalha com a venda desse tipo de alimento, tem a oportunidade de destacar os ingredientes e os processos de criação, ajudando na divulgação e atraindo possíveis compradores.

3 - Marmitas 

Academia Assaí - Empreendendo em casa - marmitas

A venda de marmitas não é nenhuma novidade, entretanto, é um segmento que cresce e prospera. Aqui, é importante ressaltar que a concorrência poderá ser grande, contudo, existe mercado para muitos empreendedores, afinal de contas, a clientela está sempre em busca de novos temperos e sabores para o prato mais querido do Brasil: o PF, “prato feito”.

Além de dar ao seu feijão um toque único e diversificar as formas de pagamento, estar próximo de locais de grande movimentação e empresas também pode ser um diferencial para o seu negócio.

4 - Churrasco

Academia Assaí - Empreendendo em casa - Churrasco

Um dos eventos (e tradições) mais importantes para o brasileiro é o churrasco. De norte a sul do país, cada região tem seu jeito de preparar e servir essa famosa iguaria. 

Aqui, são inúmeros os fatores que podem influenciar suas vendas, entre eles, a escolha e a variedade da carne, os temperos, os acompanhamentos, a qualidade no atendimento e afins.

Além disso, investir em pratos que atendam a outras necessidades também pode ajudá-lo(a) nesse processo. Já produzimos um conteúdo falando sobre a inclusão de pratos veganos no negócio e como isso pode ser vantajoso para as vendas. Clique aqui e confira.

Por fim, lembre: persevere, afinal de contas, todo início é difícil. Estude seu público, encontre a melhor forma de atender e cultivar os seus clientes e seja lembrado. Começar empreendendo em casa pode ser o primeiro passo para alcançar o sonho do negócio próprio.

Para ler mais materiais como este, acesse nosso site ou, se preferir, ouça nosso podcast Negócio em Dia em todas as plataformas de áudio.

 

Vitrine do Fornecedor

Coca-cola
DelValle
Kibon
Unilever