Empreendedorismo

Como mapear preferências de consumo para alcançar novos mercados

Postado em: 21 de Janeiro de 2021 às 09:00 Por Paulo Henrique Ribas

Um novo ano se inicia e, com ele, surgem novas ideias, projetos e oportunidades! Se você tem pensado em aumentar o alcance do seu negócio e explorar novos mercados, este conteúdo foi feito para você. 

Hoje, abordaremos um tema muito importante para quem empreende: como mapear preferências de consumo e porque essa técnica poderá ajudá-lo(a) na definição de novos produtos e serviços. Acompanhe a leitura!

Quem trabalha com vendas e gere seu próprio empreendimento sabe que não basta apenas termos “ideias brilhantes" e irmos “chutando” para todo lado. 

Novos projetos envolvem pesquisa e podem possuir custos adicionais iniciais, por isso, é preciso analisar cada ideia e mapear as preferências de consumo do público que você deseja alcançar para viabilizar as propostas.

Como funciona o mapeamento de mercado

O mapeamento de mercado consiste em uma série de estudos que indicam preferências, peculiaridades e perspectivas de um público específico no cenário em que o negócio está inserido ou deseja atuar.

Por meio de um mapeamento bem estruturado, você obtém respostas em relação a expectativas, hábitos de consumo, demandas necessárias, posicionamento dos concorrentes e atuação no mercado. A partir disso, estrutura um plano que o diferencie dos demais. Para isso, você precisa:

Entender o mercado em que está inserido

Academia Assaí - Entenda o seu mercado

Vamos supor que você trabalha com a venda de bolos e doces para festas e deseja aumentar seu leque de serviços incluindo salgadinhos no seu portfólio. Faça um levantamento de informações relacionadas à disponibilidade desse tipo de produto na região em que deseja atuar, analisando concorrentes e volume de pedidos.

Se você notar que existe muita concorrência para pouca demanda, repense. O que irá diferenciar você dos demais? Será que não vale a pena se posicionar como um confeiteiro ou doceiro e garantir mais credibilidade na área? 

Com isso, você evita o desgaste físico e mental e evita prejuízos financeiros futuros.

Saber se existe compatibilidade com o público

Outro passo essencial para o mapeamento de mercado é entender qual é o perfil do seu cliente e da região. Com isso, você poderá viabilizar de maneira mais clara as decisões em relação ao seu produto ou serviço, de modo que ele seja mais compatível com as vontades e necessidades do seu público-alvo. 

Usando outro exemplo, imagine que você é dono de uma cafeteria na região sul do país. Devido às condições climáticas, o perfil de consumo das pessoas que consomem seus produtos é diferente de quem mora em Cuiabá ou mais ao norte do Brasil, onde as temperaturas são constantemente mais altas. Nesse sentido, será que ampliar seu mercado de atuação para essas regiões é uma boa estratégia?

Por fim, você pode optar por uma consultoria especializada no mapeamento de oportunidades para o seu negócio.

Ao contratar uma equipe profissional para realizar a pesquisa, você estará assegurado sobre qualquer decisão sobre seu empreendimento, podendo ser uma alternativa mais segura antes de entrar de cabeça em uma ideia.

Em 2021, traremos ainda mais materiais e conteúdos para ajudá-lo(a) a alcançar os melhores resultados para o seu negócio, por  isso, fique de olho na Academia Assaí Bons Negócios e nas nossas redes sociais!

Vitrine do Fornecedor

Coca-cola
DelValle
Kibon
Unilever