NegóciosEmpreendedor

Pequenos negócios são a aposta de crescimento em 2019

Postado em: 20 de Fevereiro às 13:09 Por Redação

A economia instável dos últimos dois anos trouxe à tona a capacidade do empreendedor em reinventar atividades rotineiras. Independentemente do segmento, a tendência de criar pequenos negócios para fugir da crise trouxe impulso econômico, geração de renda e, principalmente, aumento das oportunidades de empregos. Abrir o próprio empreendimento não é uma tarefa fácil. O resultado, mesmo que gradativo, é prazeroso e tende a ser muito lucrativo. Com o objetivo de incentivar e estimular o crescimento desses pequenos negócios, a Academia Assaí Bons Negócios disponibiliza de forma gratuita cursos online e presenciais focados em gestão.

Atualmente, a plataforma possui videoaulas sobre técnicas de vendas por encomenda e os princípios básicos da arte de empreender, todas focadas em pequenos negócios. A jovem empresária Walkiria Gabriele, de 24 anos, fez parte dos mais de 700 empreendedores que já aproveitaram os cursos.

Ela conta que o curso ajudou a desvendar algumas falhas durante o processo de vendas do seu produto. “Estava com um pouco de dificuldade nas vendas do meu livro. Muitos empreendedores ainda encontram dificuldades em lidar com o mercado. Eles acabam perdendo oportunidades e crescimento devido à falta de informação”, explica. Além disso, a jovem empreendedora destaca a importância desse tipo de iniciativa, focada nos donos de pequenos negócios. “A ideia é maravilhosa e necessária. Se a informação não tivesse chegado até mim, não estaria buscando me formalizar e me
qualificar melhor”, pontua. E completa: “já indiquei o curso para alguns conhecidos que estão buscando abrir um pequeno empreendimento”.

O projeto Cacho da Negra

Com uma temática que traz a força da representatividade negra no empreendedorismo, Walkiria é produtora cultural, escritora e trancista. É responsável, junto com sua irmã gêmea, Mikaela Gabriela, pela campanha de resistência Cachos da Negra, no Instagram e Facebook. As atividades têm o foco de
empoderar e incentivar homens e mulheres no processo de pré e pós-transição capilar.

As experiências durante dois anos de trabalho resultaram na produção do livro “Meu Crespo, Nossa História”, uma obra que relata a vida de homens e mulheres, em todo o país, que passaram pela transição capilar. Para Walkiria, seu trabalho carrega uma responsabilidade importante para a comunidade afrodescendente. “Acredito que meu trabalho seja importante para a comunidade negra, na medida em que consigo ver a autoestima da mulher negra sendo trabalhada, tanto no livro quanto nas tranças. É um trabalho de diálogo. De resgate da nossa identidade, da ancestralidade”, pontua.

A rotina de trabalho trouxe alguns estímulos importantes para a vida profissional da empreendedora. “Trabalhar com as tranças tem sido um desafio constante. A dificuldade que encontro é saber lidar com o gosto do cliente e com as peculiaridades de cada um. São problemas que acontecem em todo comércio que lida com pessoas”, afirma. E, por se relacionar com diferentes perfis, depois que cursou “Vendas Por Encomenda”, na Academia Assaí Bons Negócios, Walkiria conseguiu pontuar algumas falhas no processo de comunicação. “Depois do curso, consegui transparecer mais as minhas ideias. Além disso, me auxiliou no processo de venda do meu livro e também no diálogo com os meus clientes”, revela.

O mercado crescente dos pequenos negócios

Assim como Walkiria, outros 12,4 milhões de micro e pequenos empreendedores são responsáveis por movimentar a economia nacional. De acordo com dados do Sebrae, as micro e pequenas empresas são responsáveis por 98,5% dos empreendimentos brasileiros, com uma participação de 27% no Produto Interno Bruto (PIB). Os pequenos negócios, ainda segundo o Sebrae, foram responsáveis por gerar mais de 463 mil novos empregos em 2017 no país. Em 2019, a tendência otimista foi retratada pela Sondagem Conjuntural do Sebrae. A pesquisa revelou que os empresários estão confiantes no novo ano. Há um aumento da expectativa positiva em relação ao faturamento dos empreendimentos, à melhoria do desempenho do negócio e à busca por crescimento.

Na prática

Para um crescimento em 2019, não adianta apenas um cenário econômico positivo e o aumento de iniciativas públicas de incentivo aos pequenos negócios. Além desses fatores, que também são importantes, aprender novas técnicas para formalizar o seu empreendimento pode ser um diferencial.
No caso da Walkiria, o curso de “Vendas por Encomendas” foi a base para o desenvolvimento de novas atitudes em seu negócio. O curso também estimula a importância da arte de empreender. A inspiração foi tanta que ela deixou um recado para os recém-empreendedores: “O desafio é persistir. A dica é confiar e ter coragem de arriscar. Não ter medo do que vem pela frente. Toda empresa tem seus altos e baixos. Cada momento é para reavaliar os passos”, recomenda.

Faça como a jovem e aproveite os cursos gratuitos da Academia Assaí Bons Negócios!

Gostou do novo conteúdo do blog? Então compartilhe com seus amigos e familiares para incentivar ainda mais o crescimento dos negócios no Brasil. Estar com você. Esse é o nosso negócio!

 

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola