AtualidadesEmpreendedor

Novo prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda

Postado em: 03 de Abril às 14:24 Por Redação

Prazo final passou de 30 de abril para 30 de junho de 2020 tanto para pessoa física quanto para o MEI e empresas no regime de Simples Nacional

Em atenção ao atual cenário, o Ministério da Economia prorrogou em 60 dias o prazo para a entrega das declarações para a Receita Federal tanto para pessoas físicas, quanto para micro e médias empresas. Sendo assim, profissionais autônomos e empreendedores de pequeno e médio porte devem enviar suas declarações até a nova data de 30 de junho de 2020. A multa aplicada somente será cobrada aos que não enviarem até às 23h59 deste dia.

A decisão soma-se aos esforços para conter o impacto econômico. Na última semana de março, a Receita Federal já tinha adiado o prazo de apresentação da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) e a Declaração Anual Simplificada para o microempreendedor individual (DASN-Simei) referente ao calendário 2019.

Em atenção ao atual cenário, o Ministério da Economia prorrogou em 60 dias o prazo para a entrega das declarações para a Receita Federal tanto para pessoas físicas, quanto para micro e médias empresas. Sendo assim, profissionais autônomos e empreendedores de pequeno e médio porte devem enviar suas declarações até a nova data de 30 de junho de 2020. A multa aplicada somente será cobrada aos que não enviarem até às 23h59 deste dia.

A decisão soma-se aos esforços para conter o impacto econômico. Na última semana de março, a Receita Federal já tinha adiado o prazo de apresentação da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) e a Declaração Anual Simplificada para o microempreendedor individual (DASN-Simei) referente ao calendário 2019.

Imposto para o simples e MEI

É muito importante compreender sobre o que se trata cada uma das obrigações do empreendedor. 

A Defis é uma obrigação acessória, entregue anualmente à Receita Federal, por todas as empresas optantes do Simples Nacional – exceto quem é MEI. É um documento que relata resumidamente o que aconteceu na empresa no decorrer do ano.

São informados os dados econômicos, sociais e fiscais, também os valores pagos aos sócios, alterações de endereço, mudanças no quadro de sócios, entre outras informações. Além disso, comunica e comprova ao Governo Federal quais foram os tributos recolhidos.

Já a DASN-Simei é de responsabilidade do microempreendedor individual. Ele é o relatório das receitas obtidas a cada mês. Diferente da declaração do imposto de renda para pessoa física, neste caso não há restituição e, ainda, é preciso fazer a declaração mesmo sem ter lucro.

Planejamento

Independente do novo prazo, não deixe para a última hora. É importante manter a documentação em dia para manter a organização financeira do seu negócio.

Fique de olho no Blog Academia Assaí Bons Negócios para acompanhar informações voltadas para o seu empreendimento.

Acesse também nossa plataforma de vídeos online com novos conteúdos.

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
DelValle
Coca-cola