Negócios

Culinária mineira: uma paixão nacional que pode fazê-lo(a) lucrar

Postado em: 30 de Junho de 2021 às 08:00 Por Redação

Em homenagem ao Dia da Gastronomia Mineira (06 de julho), a Academia Assaí preparou algumas dicas para que você, empreendedor, consiga utilizar essa paixão nacional para conquistar os clientes e obter mais lucros.

A culinária mineira é uma das mais tradicionais do país, tendo como base ingredientes mais simples, geralmente disponíveis nas zonas rurais. E isso é reflexo da história do estado de Minas, que tem a ver com o Ciclo do Ouro. Como o minério era levado ao Rio de Janeiro, a alimentação dos transportadores tinha que ser robusta, com pratos como, por exemplo, o típico feijão-tropeiro (feijão com carne de porco e farinha). 

A partir daí, os sabores se perpetuaram e seguem de geração em geração. Nos negócios, há muita procura pela comida mineira: não é raro ver pelas estradas do Brasil afora dizeres como: “Comida mineira aqui” – ou outra variante, “Comida caseira”. Essas nomenclaturas comumente se referem a uma alimentação simples, mas farta e cheia de temperos. 

O governo do estado de Minas Gerais mantém um portal com receitas e informações tradicionais oficiais sobre esse canto tão amado do Brasil. Lá, é possível encontrar muitas receitas típicas, além de calendário de eventos, rotas turísticas, lista de artistas locais e muito mais.

Como posso acrescentar a culinária mineira ao meu cardápio?

Aderir a uma receita típica é a maneira mais fácil e consistente de cumprir essa vontade. Para isso, a internet está aí e disponibiliza inúmeras receitas nos sites de buscas. Mas queremos, neste artigo, destacar que a inovação pode até ser um chamariz a mais na hora de aderir aos quitutes mineiros. Confira a lista de ideias abaixo:

- Existe o bolinho de feijoada... por que não poderia existir o bolinho de feijão-tropeiro?

- Uma trufa de pamonha pode ser o diferencial dos seus doces.

- Bolo Romeu e Julieta de pote com massa de fubá pode fazer sucesso!

- E o que você acha de uma pizza mineira caprichada com milho de espiga refogado na manteiga e queijo canastra?

- Lanche mineiro que, em vez do pão de hambúrguer tradicional, utiliza um pão de queijo gigante como massa.
- Um brownie de doce de leite mineiro com gotas de chocolate.
- Pastel de frango com quiabo.
 

Há muitas possibilidades e tudo isso pode ser ainda mais válido se os ingredientes tiverem realmente a procedência de terras mineiras. Uma dica é procurar empórios especializados, a fim de que eles forneçam esses ingredientes. 

Sempre é possível pegar algo que já está disponível em seu cardápio e adaptar para a culinária mineira. A utilização de sabores, no entanto, deve combinar: se algo for muito doce, como a pamonha, pode-se equilibrar o sabor dos doces extremos com chocolate amargo no caso da trufa de pamonha e também do brownie de doce de leite. 

Confira abaixo uma seleção de links de receitas do portal do estado de Minas Gerais para inspirá-lo(a):

- Tira-gostos mineiros

- Tradicional pão de queijo

- Bolinho de chuva de doce de leite

- Broa tradicional de fubá

- Caldos mineiros

- Feijão-tropeiro vegano

- Biscoitos de São Tiago

Bebidas mineiras 

Entre as bebidas que mais chamam atenção no estado de Minas, está a aguardente, presente em muitas receitas ou mesmo para consumo puro. Aqui no Brasil, Minas Gerais é o maior produtor de cachaça artesanal, também chamada de “alambique”.

Para ter essa iguaria em seu cardápio, é importante se certificar que a bebida seja mesmo fabricada de maneira artesanal, o que proporciona um sabor completamente diferente à cachaça. 

A cachaça de alambique tem esse nome porque alambique é o equipamento utilizado na destilação de várias bebidas alcoólicas e até mesmo de óleos essenciais. Baseado no processo de destilação simples, ele foi usado até mesmo na alquimia. O alambique é formado por uma caldeira conectada, por um tubo, a uma serpentina de resfriamento, ao fundo da qual se recolhe o destilado.

Confira aqui receitas de drinks com cachaça mineira

E o café? 

Minas é o maior produtor de café do Brasil. De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Café – ABIC, Minas gerais produz 50% da produção de café do Brasil. 

O cafezinho mineiro torrado na hora não tem igual. As cafeterias, por exemplo, podem ter uma opção de kit simples de café à mineira moído na hora, coado em coador de pano e servido com leite quente e pão de queijo.

Confira aqui receitas de drinks com café

Para mais dicas de negócios como essas, acompanhe nossas redes sociais e ouça o podcast Negócio em Dia, disponíveis AQUI.  

 

Vitrine do Fornecedor

Coca-cola
DelValle