NegóciosEmpreendedor

Kit de ingredientes para entrega: uma experiência gastronômica

Postado em: 23 de Junho às 21:47 Por Giovanna Ziroldo

Fazendo parte das tendências de consumo, os kits com ingredientes e receitas para o preparo de pratos em casa ganham espaço durante a quarentena

Nos últimos anos, a atenção do mercado direcionou-se para investimentos que garantem uma boa experiência de consumo e, no setor alimentício, não foi diferente. Consequentemente, as mudanças no comportamento de compra, decorrentes da pandemia, enfatizam ainda mais a importância de oferecer aos clientes novas experiências gastronômicas.

Visando atender às demandas que estão surgindo, algumas redes e até pequenas empresas investem em kits de ingredientes que chegam até o consumidor com todos os itens e passo a passo necessários para que a produção aconteça na casa do próprio cliente. Assim, as refeições se tornam também experiências mais prazerosas e envolvendo afeto.

Na tentativa de analisar essas mudanças, pesquisas estão sendo realizadas por todo o mundo. Se você está inserido no mercado de alimentação, é fundamental que fique por dentro de dados e tendências para que seja possível se preparar e buscar por adaptações.

Mudanças no comportamento dos usuários

Dados divulgados pelo Opinion Box apontam que as compras de supermercado online e por delivery foram as que tiveram maior crescimento de usuários desde o início da pesquisa, realizada em março. Esse foi um crescimento líquido de 25% de usuários e, além disso, entre os usuários do serviço, 34% estão usando mais do que usavam antes da pandemia.

Curiosamente, os deliverys de restaurantes não obtiveram uma alta tão relevante, apresentando um crescimento líquido de apenas 4%. Entre os consumidores entrevistados, 26% estão usando mais, mas há também uma parcela de 26% que está usando menos. Entender a razão dessas diferenças pode fazer com que você encontre o melhor caminho e novas possibilidades para o seu negócio.

A pesquisa apontou também que 33% das pessoas passaram a cozinhar durante o isolamento e 43% afirmaram estar comendo mais. Isso significa que o consumo de alimentos aumentou, mas que as pessoas nem sempre estão optando por pratos prontos. Ao identificar isso, restaurantes, confeitarias e outras redes do segmento estão mudando a forma como oferecem seus produtos durante a crise. Nesse cenário,  os kits de ingredientes estão sendo valorizados e ganham cada vez mais espaço.

Como trabalhar com kits de ingredientes?

A necessidade de pensar em produtos que vão além de mercadorias, desenvolvidos de forma a priorizar cada etapa do processo de consumo, é uma questão levantada há tempos. Opções que já vinham sendo apresentadas como tendências no mercado de alimentação ganharam força e estão sendo oferecidas durante a quarentena, como os kits com ingredientes e receitas para que os consumidores preparem sua própria refeição.

A rede Spoleto, por exemplo, seguiu esse caminho e lançou uma linha de produtos e ingredientes para que seus clientes possam preparar as receitas do famoso restaurante em suas próprias casas. Chamado de “Mercado Spoleto”, o mercado virtual está disponível em aplicativos e a quantidade de cada produto é escolhida pelo consumidor.

Outras empresas também aderiram aos kits de ingredientes nos últimos meses, como a hamburgueria Meats, que lançou os “kits quarenteiners” com instruções e todos os ingredientes necessários para que o público grelhe e monte seu lanche em casa. E se você vende pizzas, saiba que essa também é uma possibilidade para você, pois a La Vera Pizza Italiana está fazendo sucesso com seus kits, que além de ingredientes e um modo de preparo bem detalhado, conta com a história da receita escolhida.  

Trazer autonomia e oferecer ao público essa liberdade de produção e customização pode ser um caminho viável nos próximos meses. Caso você trabalhe com confeitaria, é possível entregar a base de um produto (cupcakes, por exemplo) e enviar ingredientes para que o recheio, cobertura e decoração fique por conta do público. Outra solução pode ser garantir que cada produto seja único. Que tal deixar o seu cliente escolher as combinações e mix de sabores? 

Garanta uma compra rápida, prática e acessível.

Por fim, uma boa experiência gastronômica não depende somente do produto que você está oferecendo, é necessário também ter alguns cuidados na hora de se comunicar desde o primeiro contato com o cliente. Ofereça todas as informações necessárias e faça com que o processo de compra exija o menor esforço possível. Tudo deve ser simples, fácil e acessível aos consumidores. Reflita sobre o que você pode fazer para melhorar ainda mais a praticidade do processo.

Saber do que seu público precisa é a maneira mais eficaz de acertar na hora de adaptar o seu negócio. Além disso, invista na fidelização desses clientes. Isso inclui manter um atendimento rápido e transparente em casos de problemas, oferecer ofertas exclusivas e descontos, estar pronto para receber críticas e estimular feedbacks, pois pedir ajuda na divulgação dos seus produtos é importante, principalmente em meio à crise. 

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
DelValle
Coca-cola