AtualidadesEmpreendedor

Caixa libera novos saques emergenciais do FGTS

Postado em: 08 de Julho às 16:02 Por Giovanna Ziroldo

O beneficiário deve se atentar ao calendário de pagamento e poderá sacar até R$1.045 do atual emprego ou de trabalhos anteriores

Na última segunda-feira (29), a Caixa iniciou a liberação do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para quase 5 milhões de pessoas. Seguindo o calendário de pagamento, os primeiros beneficiários são os que nasceram em janeiro.

Os trabalhadores podem ter acesso a até um salário mínimo, que atualmente é R$ 1.045, valor de contas ativas (emprego atual) e inativas (empregos anteriores) do FGTS, que foi liberado na tentativa de auxiliar quem precisa de apoio financeiro na quarentena. É importante ressaltar também que esse dinheiro não tem relação com o auxílio emergencial de R$ 600. São dois programas diferentes, mas que funcionam de forma semelhante e as datas dos pagamentos de ambos podem coincidir.

Qualquer pessoa que possui o Fundo de Garantia irá receber esse valor e ele não precisa ser solicitado pelo trabalhador. Além disso, ele será liberado uma vez e exclusivamente por meio de crédito em Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa. O saque do FGTS poderá, inicialmente, ser movimentado por meio do aplicativo CAIXA Tem, disponível para Android e iOS.

O calendário para a liberação do valor foi estabelecido com base no mês de nascimento do beneficiário e possui duas datas: uma que corresponde ao dinheiro liberado na conta de armazenamento digital social (quando o recurso pode ser utilizado ​através de conta eletrônica) e outra sinalizando o momento em que esse dinheiro estará disponível para saque em espécie ou transferência para outras contas.

Confira o calendário para o saque emergencial FGTS:

Fonte: Caixa Econômica Federal
Mês de nascimentoCrédito em conta poupança social digitalSaque ou transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro

Quem não quiser retirar o dinheiro no momento, terá que solicitar o cancelamento do pagamento através do aplicativo do FGTS, até 10 dias antes da data prevista para o depósito (verificar no calendário acima). Ao entrar no app, basta selecionar a opção “Solicitar o cancelamento do saque”. Segundo a Agência Brasil, a Caixa disponibilizou alguns canais de atendimento para mais informações sobre esse saque emergencial: site fgts.caixa.gov.br, Telefone 111 - opção 2 e Internet Banking Caixa, além do aplicativo FGTS. 

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola