TecnologiaEmpreendedor

Aplicativo da Receita Federal auxilia empreendedores do MEI

Postado em: 25 de Janeiro às 13:56 Por Redação

Quem é empreendedor sabe bem sobre os desafios enfrentados para se ter um negócio próprio, desde a ideia, a implementação e depois o dia a dia com o empreendimento já funcionando. Muitas vezes, e principalmente no começo, é preciso exercer todas as funções até que rotinas sejam estabelecidas ou que seja possível contratações. E sobre exercer diversas funções, isso pode significar desde cuidar da produção e atendimento até questões financeiras, comerciais e burocráticas.

Essa última é a que geralmente causa maior tensão: como emitir boletos de pagamento, conferir situação tributária e outros serviços que tomam tempo sem interferir no afazeres mais práticos que você como empreendedor ainda exerce? Pensando em facilitar esses problemas burocráticos, a Receita Federal lançou um aplicativo para os microempreendedores individuais (MEI). A ideia é concentrar em uma única plataforma móvel tudo que o pequeno empreendedor precisa.

Assim, o acesso a essas atividades pode ser feito de forma prática e rápida através do próprio celular, de onde quiser e a qualquer momento. O bom é que além dos lembretes e emissão de boletos importantes como o do pagamento do DAS (arrecadação do seu negócio), o aplicativo reúne de forma objetiva os conceitos e obrigações dessa categoria e também permite que o microempreendedor consulte informações sobre os dados cadastrais como nome, situação, natureza jurídica e endereço.

Para quem tiver interesse em facilitar suas tarefas e acompanhar toda situação tributária com apenas um clique, o aplicativo se chama “APP MEI” e está disponível gratuitamente nas lojas virtuais PlayStore (Android) e Apple Store (IOS). É só digitar esse nome e baixar em seu aparelho.

E se você que ainda não possui um negócio formalizado e quer saber mais sobre o assunto, acesse as videoaulas de formalização disponíveis aqui na Academia Assaí (LINK). Não é difícil estar em dia com a vigilância sanitária, ter uma conta bancária para seu negócio e um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) para emitir notas. Isso melhora sua credibilidade como empresa e pode sim ser conquistado!

Fonte: Site Receita Federal

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola