DicasEmpreendedor

Equipamentos para produção de vídeo: o que é preciso para começar?

Postado em: 22 de Maio às 13:49 Por Gabriel Sestrem

Saiba quais são os principais equipamentos para gravação de vídeo e comece a produzir conteúdo digital para seu negócio de alimentação!

Cada vez mais os pequenos negócios de alimentação veem a necessidade de se reinventar para serem mais competitivos. Desde o início de março, com o início do isolamento social, os pedidos de alimentos e bebidas por delivery aumentaram, e aqueles empreendimentos que ainda não tinham uma estratégia digital precisaram correr para se adaptar às novas formas de comercializar seus produtos.

Para se ter uma ideia das mudanças no comportamento do consumidor relacionadas à transformação digital a partir do início da quarentena, só em abril foi registrado um aumento de 43% na quantidade de pessoas que fizeram compras pela internet. Desse número, 51% compraram pela primeira vez, com pessoas acima de 60 anos representando 33% das primeiras compras. O comportamento se reflete também no mercado de alimentação, com um salto no consumo pela modalidade delivery.

Independentemente do tamanho do seu negócio, mais do que nunca é preciso ter uma estratégia de atuação na Internet. E para isso, os vídeos são uma ótima pedida – sejam eles em publicações ou nos famosos “stories” do Instagram ou Facebook, ou até mesmo em vídeos para o Youtube, mostrando suas receitas, inspirações e até mesmo os “bastidores” do seu negócio.

Confira abaixo alguns dos principais equipamentos para gravar vídeos que você vai precisar e mãos à obra!

GRAVAÇÃO DE VÍDEO

Normalmente quando alguém decide começar a produzir vídeos para a Internet, a “pergunta de um milhão de reais” é:

“Qual é a melhor câmera para gravar vídeos?”

Na verdade, não existe uma resposta única para essa pergunta, já que há vários equipamentos disponíveis e diferentes fatores que devem ser considerados para o seu “equipamento ideal”, sendo um deles, inclusive, o quanto cabe no seu bolso.

Além disso, um bom vídeo não é feito apenas com uma câmera de qualidade, mas também por bons equipamentos de captação de áudio, um ambiente agradável e silencioso, e iluminação e conteúdo adequados. E, na verdade, você não precisar sequer ter uma câmera em mãos. Dependendo do seu objetivo, é possível criar ótimos vídeos com um celular que grave em HD (High Definition/alta definição)!

Quando o assunto é gravar vídeos com o smartphone, é claro que aparelhos com preço mais elevado podem trazer melhores recursos. Se você pensa em investir, algumas ótimas pedidas são o Samsung Galaxy S10, o Xiaomi Mi 9 ou 10 ou, é claro, o Iphone 11 – Todos esses filmam em resolução 4K (ultra HD), proporcionando uma qualidade de vídeo superior até mesmo a algumas câmeras semiprofissionais. Porém, a dica aqui é: comece com o que você tem! Vários influenciadores digitais que hoje ganham muito dinheiro começaram com equipamentos simples.

Academia Assaí - Equipamentos para gravar vídeos para a Internet - Xiaomi MI 9
O Xiaomi MI 9 conta com recursos multimídia avançados: além de câmera com resolução de 48 megapixels, o smartphone grava vídeos em 4K. 

Porém, se você quiser tornar seus vídeos ainda mais profissionais ou aproveitar recursos próprios de um equipamento mais profissional, vale a pena investir em uma câmera DSLR, que permite trocar as lentes para alcançar diferentes objetivos de imagem. Esse modelo de câmera tem maior custo e requer um conhecimento intermediário da sua operação.

Se você pretende investir em uma câmera DSLR, alguns modelos com bom custo-benefício são a Canon T6i ou T7i e a Nikon D3200 ou D5200.

Academia Assaí - Equipamentos para gravar vídeos para a Internet - NIKON
Com gravação de vídeo em Full HD 1080p, a Nikon D3200 é uma câmera compacta, fácil de manusear e oferece alta qualidade de imagem. A câmera permite usar diversos tipos de lentes, proporcionando diferentes resultados.

CAPTAÇÃO DE ÁUDIO

Quando o assunto é a captação do som, a primeira coisa a se pensar é no ambiente: quanto mais silencioso for o local, melhor. Sendo assim, evite gravar em ambientes com muitos ruídos, como em locais próximo a vias de trânsito intenso ou a aparelhos de ar condicionado barulhentos.

Independentemente de gravar com uma câmera DSLR ou com um celular, é recomendável evitar usar o captador de som embutido nos equipamentos, já que eles oferecem uma qualidade bastante inferior.

Para quem está iniciando, a melhor dica é utilizar um microfone de lapela, que fica próximo à boca, é discreto (é possível até “esconder” ele na roupa”) e capta o som com boa qualidade e com menos ruídos externos.

Quanto ao microfone de lapela, há a opção “com gravador” (que garante um som de alta qualidade, mas custa um pouco mais caro), na qual o áudio é armazenado no equipamento; e o microfone de lapela para smartphone, que tem um custo mais acessível, é mais prático e oferece uma qualidade de captação bastante satisfatória.

Atenção: Ao gravar o áudio separado da câmera, com um microfone de lapela com gravador, será preciso sincronizar o som com o vídeo. Se você deseja simplificar esse processo, é possível ligar o microfone de lapela direto na câmera. Para isso, será preciso um cabo extensor P2.

Academia Assaí - Gravação de vídeo em casa - microfone de lapela
Microfone de lapela para smartphone: opção é acessível e oferece boa qualidade de captação.

Agora, se você pretende investir um pouco mais na qualidade da captação de áudio, pode recorrer a microfones do tipo “direcional”, que captam o som com maior distância e com alta qualidade, sem captar ruídos, ou ao microfone condicionador, que oferece uma qualidade de som extremamente satisfatória.

Academia Assaí - Vídeos profissionais em casa - Microfone direcional
O microfone direcional pode ser acoplado na própria câmera, não sendo preciso sincronizar áudio e vídeo durante a edição.

ILUMINAÇÃO

Para ter uma iluminação adequada para seus vídeos, utilizar a luz natural, aproveitando janelas e demais entradas de luz, é sempre uma boa opção. Porém, nem sempre é possível gravar durante o dia. E, nesses casos, será preciso recorrer a alguns equipamentos de iluminação artificial para melhorar a qualidade da gravação.

O softbox cumpre muito bem essa função, já que o equipamento gera uma luz suave e difusa, além de ser leve e fácil de usar. No entanto, os softbox costumam ser um pouco grandes e podem ocupar bastante espaço no seu local de gravação.

Academia Assaí - Vídeos profissionais em casa
O softbox, apesar de grande, possui modelos acessíveis que garantem iluminação ampla e difusa para seus vídeos.

As ring lights são uma boa opção, já que são pequenas e práticas, podendo ser utilizadas em um tripé. O preço desse equipamento também é um ponto positivo: é possível achar modelos mais básicos a partir de R$50.

Academia Assaí - Vídeos profissionais em casa - ring light
Há modelos de ring light menores, com encaixa para smartphone ou câmera DSLR.

Os painéis de LED são outra opção válida. Esse equipamento tem um custo um pouco mais alto do que as ring lights, mas são bastante práticos para a gravação de vídeos, já que permitem total controle da potência de luz. 

Academia Assaí - Vídeos profissionais em casa
Painéis de LED são acessórios práticos, que permitem controle preciso de iluminação.

SOFTWARES OU APLICATIVOS DE EDIÇÃO

Depois de gravar as cenas, você vai precisar de um software para computador ou aplicativo para smartphone para editar os vídeos. Para isso, há opções pagas e gratuitas.

Para quem quer editar seus vídeos pelo computador, uma boa opção paga é o Adobe Premiere (a assinatura mensal do programa custa R$90). Como algumas alternativas gratuitas há o DaVinci Resolve, o Lightworks e até mesmo o Windows Movie Maker.

Agora, se você pretende fazer todo o trabalho da tela do celular, existem ótimas opções de aplicativos que permitem uso gratuito para diversas funções, mas cobram pelo uso completo do serviço, como é o caso do FilmoraGo, do InShot e do KineMaster.

Além desses equipamentos básicos, há vários acessórios que podem ser muito bem-vindos no seu dia a dia de gravação, como os tripés para câmera ou smartphone, suportes articulados para deixar o celular na altura certa para a gravação e até mesmo pó para pele, que ajuda a reduzir o brilho excessivo do rosto devido ao excesso de oleosidade da pele.

Lembre-se de que não é preciso adquirir tudo de uma vez. Comece com o básico e, conforme você for produzindo os vídeos, naturalmente vai perceber o que mais será necessário para suas gravações. Boa sorte!

Para saber mais sobre como empreendedores do setor de alimentação vêm encontrando na produção de conteúdo digital oportunidades para diversificar e rentabilizar seus negócios, confira a matéria Rentabilizando Conhecimento, na Revista Assaí Bons Negócios #39!

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola