Empreendedor

Como manter a temperatura dos alimentos e preservar a qualidade

Postado em: 19 de Fevereiro às 17:33

Veja como manter a temperatura dos alimentos é essencial para conservar os produtos de forma adequada

Pensar na temperatura dos alimentos é certificar-se da qualidade do que você vende e evitar, ainda, prejuízos para o seu negócio!

Na estação mais quente do ano, muitos produtos podem sofrer com o clima, por isso, é importante armazená-los de forma adequada e mantê-los na temperatura ideal dentro do ponto de venda.

Se você tem um ponto de venda ou trabalha por encomenda, faz entregas constantes ou transporta alimentos que precisam de temperatura adequada, estas dicas são para você, empreendedor!

Carnes, laticínios, bebidas e refrigerados são os que correm mais risco de estragar por falta de climatização.

Se no seu comércio existem ventiladores, exaustores, geladeiras e freezers, faça sempre a manutenção adequada para garantir a vida útil tanto dos equipamentos quanto dos alimentos.

Agora, se você trabalha com o comércio ambulante ou itinerante, em carrinhos de cachorro-quente, food trucks, carrinhos de sorvete, etc., fique atento ao sistema de refrigeração e ao tempo de armazenamento. Aqui, o cuidado é redobrado para que a sua saída de casa não tenha problemas e seus produtos continuem fresquinhos ao longo do dia.

É importante sempre deixar qualquer alimento longe da luz do sol para evitar contato direto e superaquecimento. A exposição pode até estragar embalagens mais resistentes, por isso, cuidado onde você mantém caixas e latas.

A seguir, confira algumas dicas e temperaturas ideais para preservar a qualidade de sua mercadoria:

 

CONGELADOS

Para produtos congelados de fábrica, a temperatura ideal é entre -10°C e -12°C, com validade de aproximadamente 30 dias.

Se você possui ponto de venda fixo e os clientes retiram os produtos dos freezers, colocam no carrinho e desistem da compra, é importante devolvê-los ao congelador o mais rápido possível.

Para você que é vendedor ambulante, ofereça os produtos assim que o cliente já tiver decidido o que pedir ou pago. Só retire do refrigerador quando a venda estiver fechada e feche bem os compartimentos, caixas térmicas e refrigeradores portáteis.

 

CARNES

Para carnes e peixes, o ideal é mantê-los resfriados a uma temperatura entre 4°C e 2°C, com uma validade de aproximadamente 3 dias. Cortes e peças temperados têm um tempo de validade reduzido, portanto, reserve-as em local separado ou em embalagens bem fechadas.

 

LATICÍNIOS

Leites e derivados são bastante vulneráveis à temperatura e dependem de um armazenamento adequado, pois já vêm em embalagens mais frágeis (a não ser Tetra Pak). Conserve-os em uma temperatura de até 7°C em sistema refrigerado.

Em temperatura ambiente, não deixe passar dos 18°C, senão existe o risco de proliferação de bactérias ou fermentação dos laticínios.

 

FRUTAS E VERDURAS

Além de se certificar de que elas estejam sempre frescas, é importante conservá-las em local bastante arejado e limpo. As frutas e verduras podem atrair insetos e, quanto menor a temperatura, menor a chance deles se instalarem.

Hortaliças também são variedades de plantas muito delicadas. De preferência, borrife água durante o dia para resfriá-las ou coloque em sistema refrigerado para aumentar a validade. O prazo máximo de frutas e verduras na loja costuma ser de até 3 dias.

Como regra geral para guardar e transportar sua matéria-prima, reserve as mercadorias em local fechado, com ventilação e sem contato direto com o sol.

Em caso de perecíveis, descarte de forma correta, em lixo orgânico e local permitido, para não ter risco de contaminação.

Com essas técnicas, esperamos que você consiga driblar o clima quente e evitar prejuízos ao seu negócio.

Leia mais notícias sobre negócios na Academia Assaí e confira nossos cursos para aperfeiçoar o seu conhecimento e melhorar seu poder de gestão empreendedora!

VOLTAR

Vitrine do Fornecedor

Torcida
Coca-cola
Ekma
Nita Alimentos