EmpreendedorismoHamburgueria

A gestão familiar do Barriga Food Truck

Postado em: 12 de Novembro às 11:01 Por Redação

Um negócio em família que deu certo e caiu no gosto dos clientes

Reunir toda a família em um mesmo empreendimento com uma gestão familiar de qualidade. Foi a partir desse objetivo que Alberto Rodrigues de Souza – proprietário do Barriga Food Truck – iniciou, 15 anos atrás, o próprio negócio com a parceria da esposa, Rosenilda, e das duas filhas, Fernanda e Roberta.

Presente no mesmo ponto desde o início, o food truck fica próximo à Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, um dos grandes polos econômicos do estado de São Paulo. Para dar conta da intensa rotina – o atendimento inicia às 6h e se estende até às 21h –, a família se organiza de forma que cada um tenha sua função bem definida.

“No período da manhã, eu e minhas duas filhas atendemos desde cedo, mas, antes, minha esposa já deixa tudo preparado. Depois disso, a Roberta e a Fernanda ficam durante o horário de almoço e à tarde eu retorno junto com a Rosenilda e ficamos até o final do expediente”, descreve Alberto.

As tarefas de atendimento ao cliente são compartilhadas por todos os membros da família. Já no que diz respeito à administração, as finanças e as compras ficam sob a responsabilidade de Alberto. E o marketing, segundo a filha Roberta, é compromisso de todos. “O marketing do nosso negócio é principalmente o ‘boca a boca’. Um cliente chama o outro e priorizamos um bom atendimento para manter sempre a clientela em crescimento”, explica.

 

VISÃO DE SUCESSO

Apesar de hoje o Barriga Food Truck contar com um público fidelizado (a maioria das vendas vem de clientes que consomem no local diariamente), sua história começou antes da inauguração do empreendimento, em setembro de 2003, e somou vários capítulos até chegar aonde chegou.

Antes de decidir pela comercialização de lanches, o proprietário teve um bar e, quando iniciou as vendas nesse ponto, não imaginava adquirir um veículo como o atual. De lá para cá, a família utilizou dois veículos que não satisfaziam plenamente as necessidades do “comércio de rua” até obterem o food truck.

“Na época em que decidi encerrar o bar que gerenciava, comprei uma minivan adaptada para o comércio de lanches. Comprei junto com o ponto no qual estamos até hoje, pois possui grande fluxo de pessoas. Três anos depois, compramos uma Kombi e a transformamos em um veículo próprio para o comércio de lanches, muito antes da onda de popularização dos food trucks no Brasil.

Somente em 2014 foi que conseguimos construir o próprio comércio ambulante na medida certa para as necessidades do negócio”, conta Alberto, orgulhoso.

 

CARDÁPIO VARIADO

Durante as 15 horas diárias em que o Barriga Food Truck está em funcionamento, uma série de produtos deliciosos integra o cardápio oferecido. Alberto diz que, para o café da manhã, são servidos pão na chapa, misto-quente, salgados diversos e queijo quente, além do pão de queijo, que é o campeão de vendas.

Essas opções podem ser acompanhadas de, desde o tradicional cafezinho, até o suco natural. “Na hora do almoço e no restante do dia, as opções preferidas entre os clientes são o X-bacon, o X-tudo e o sanduíche que chamamos de “Carne Maluca”, um lanche feito com carne desfiada, queijo, alface e tomate. Ele é bem procurado”, indica o empreendedor.

 

COMO EMPREENDER EM FAMÍLIA

Abrir um negócio em família é muito comum, pois envolve o investimento conjunto e o relacionamento de confiança que uma empresa precisa ter.

Ao mesmo tempo, uma empresa sob gestão familiar é um grande desafio para os envolvidos no projeto, já que administrar as emoções também faz parte do negócio.

Existem diversos casos de empresas familiares muito bem-sucedidas, como a padaria paulistana Di Cunto. Há 77 anos fazendo parte do dia a dia de clientes da cidade e outras regiões, a Di Cunto, no bairro da Mooca, mantém-se com um perfil que agrada bastante: um serviço simples, de qualidade e organização na gestão do negócio pelos filhos de Donato, patriarca da família e fundador da Di Cunto.

Quer saber mais da história da padaria e ver como se tornou um sucesso de clientela? Saiba mais em: www.saopauloantiga.com.br/di-cunto/

 

E para que a sua empresa em família dê certo, são necessários alguns cuidados na hora da gestão, entre eles:

1 - Não misturar o pessoal com o profissional e isso requer muita disposição e maturidade.

2 - Cuidar da parte financeira e, se necessário, utilizar um profissional terceirizado para esse serviço.

3 - Não empregar parentes sem qualificação para determinado cargo.

4 - Buscar, cada vez mais, aperfeiçoamento técnico e participar de cursos e eventos voltados a empresas.

 

Com dicas como essas, fica mais fácil entender como funciona um modelo de negócios em família, sem se arriscar tanto ou causar desacordos entre os familiares.

Viu só como o Assaí faz parte de histórias de empreendedorismo inspiradoras como essa? Acompanhe mais aqui na Academia Assaí e continue adquirindo conhecimento para melhorar o seu negócio!

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
DelValle
Coca-cola