Sustentabilidade

Embalagens sustentáveis: redução de danos é um diferencial competitivo

Postado em: 08 de Junho de 2021 às 15:30 Por Redação

Utilizar embalagens sustentáveis na gestão do seu negócio é uma decisão altamente positiva para a redução de danos ao meio ambiente. 

Tomar decisões, calcular custos, gerir atendimentos... para estar à frente do próprio negócio, o que não faltam são responsabilidades, certo? 

Bem, a esta altura, provavelmente você já saiba que a sustentabilidade também entra nessa lista, como citamos no primeiro episódio da  série Cozinha Sustentável , em que trouxemos 3 dicas simples para adequar processos no seu negócio a fim de torná-lo mais ecológico.

Lá, apresentamos alguns dados que mostram que consumidores da nova geração consideram e até mesmo priorizam marcas que adotam práticas mais ecológicas. 

Nesse sentido, ações sustentáveis acabam sendo benéficas para ambos os lados: para o cliente, porque ele sabe que de algum modo os produtos que são consumidos no estabelecimento colaboram para a preservação e a construção de um futuro mais próspero e sustentável, e para o seu negócio, pois cria visibilidade e fortalece a identidade como marca.

O que são embalagens sustentáveis?

São consideradas embalagens sustentáveis aquelas feitas com material orgânico e/ou reciclável, que não demandam muita energia e recursos naturais em sua produção. 

Além disso, após o seu descarte, esses resíduos devem ter impactos ambientais reduzidos. A ideia central é que, a partir deles, o “lixo” produzido pelo consumo humano cause menos impacto à natureza.

Embalagens sustentáveis são uma alternativa que ajudam nas ações de sustentabilidade, por isso, neste conteúdo, iremos apresentar algumas opções para que você possa avaliar e considerar no dia a dia do seu negócio. 

Talvez você esteja pensando que utilizar embalagens sustentáveis não seja uma opção muito favorável para a realidade do seu negócio, porém, fomos atrás das alternativas mais viáveis, inclusive para seus custos. Confira!

 

Tipos de embalagens sustentáveis

Embalagem reciclada: é feita de materiais como papel têxtil, papel kraft ou plástico reciclado. 

Embalagem biodegradável: é feita de materiais que se decompõem naturalmente na natureza e também podem ser reciclados, como o plástico vegetal das sacolas biodegradáveis, as embalagens de fibra do coco, a fécula de mandioca, entre outros.

Embalagem comestível: embora não sejam tão comuns no Brasil, embalagens comestíveis podem ser ingeridas, servindo até mesmo como parte do produto. 

Embalagem plantável: conhecida também por papel-semente, trata-se de embalagens de papel reciclado com sementes incorporadas no material. Depois que as embalagens forem utilizadas, as sementes podem ser plantadas no solo. 

Embalagem reutilizável: são embalagens feitas com materiais mais duradouros, como o vidro, que, em vez de serem descartadas, são reutilizadas. 

Agora que você já sabe o que são as embalagens sustentáveis e conhece os tipos disponíveis no mercado, separamos três exemplos – com um bom custo-benefício – para aplicar ao seu negócio.

Embalagens de vidro

As embalagens de vidro são consideradas sustentáveis por conta de toda a sua cadeia de produção e utilização. O vidro é feito de areia e, por conta disso, pode ser reutilizado facilmente. Outra característica é que o vidro não libera substâncias tóxicas, tornando-o reciclável diversas vezes. 

Adotar a utilização de embalagens e recipientes de vidro na realidade do seu negócio é uma opção para torná-lo mais sustentável. Entretanto, é importante fazer um levantamento de custos e verificar se é uma alternativa que caiba no seu orçamento.

Você também pode tentar adotar uma política de sustentabilidade. Por exemplo: criar uma cultura entre seus consumidores para que eles participem ativamente disso.

Imagine um sistema em que, ao realizar um pedido, o cliente armazena os objetos de vidro e, no próximo pedido, o responsável pela entrega colete esses materiais? 

É claro que, para isso, é preciso que seus clientes se sintam engajados por algo. Por isso, você pode pensar em algum tipo de ação promocional, como: “guarde nossas embalagens de vidro e ganhe desconto na próxima entrega.”

É possível que isso estimule seus clientes e aumente a credibilidade do seu negócio, mostrando que sustentabilidade é uma pauta levada a sério no seu estabelecimento. 

Uma observação importante é com relação à higienização dos produtos reutilizáveis, principalmente em tempos de pandemia. Lembre-se de redobrar os cuidados nesse sentido, a fim de evitar desconfortos.

Embalagens de alumínio

Mesmo que dependam de atividades mineradoras, embalagens de alumínio são sustentáveis e podem ser recicladas infinitas vezes. Além disso, possuem um bom custo-benefício.

Outro aspecto importante é que o alumínio não é prejudicial nem tóxico ao organismo, porém, algumas embalagens contêm bisfenol, um tipo de plástico que reveste latas de alimentos. Caso queira utilizá-lo como alternativa sustentável, fique atento a esse detalhe.

Embalagens de papel reciclado

Feitas com papel texturizado ou papel kraft, embalagens de papel reciclado são sustentáveis e desenvolvidas para exercer a função de proteção e armazenamento de utensílios.

Entre os principais benefícios desses modelos, estão a preservação e a vida útil do produto, além de dispensarem menos energia ao serem produzidos. Porém, um aspecto do papel, diferentemente do alumínio, é que, quanto mais reciclado, menos ele se torna passível de ser reciclado novamente – além de perder qualidade.

Esses foram alguns exemplos simples de como construir uma cultura mais sustentável em seu negócio. Lembrando que, no último material, também trouxemos outras dicas para adequar sua rotina. Clique aqui para fazer a leitura do artigo completo.

Acompanhe nossas redes sociais, confira os próximos capítulos dessa série e entenda como tornar seu negócio sustentável com pequenas atitudes. Até a próxima!

 

Vitrine do Fornecedor

Coca-cola
DelValle