Dicas

Cuidados com o fluxo de clientes em mercearias e pequenos mercados

Postado em: 19 de Agosto às 09:00 Por Ana Paula Moreira

Proprietários de pequenos negócios precisam manter a atenção redobrada com o fluxo de clientes para manter a segurança

Com a abertura gradual do comércio em diversos estados brasileiros, os empreendedores precisam intensificar os cuidados com o fluxo de clientes nos estabelecimentos a fim de evitar a contaminação com o vírus.

Em relação ao número de clientes que podem circular ao mesmo tempo dentro do seu negócio, será importante avaliar a recomendação da Associação Brasileira de Supermercados. O indicado é ter uma pessoa por 12m² de área de vendas, sendo assim, caso a sua loja tenha 120m² de área de vendas, você deve manter apenas 10 clientes em circulação.

Outro importante fator é organizar a área externa do seu estabelecimento. Como é necessário restringir o número de clientes dentro da loja, instale adesivos no chão, marcando a distância de 1,5m, no espaço reservado para quem precisa aguardar para entrar na loja.

Evite a contaminação do ambiente

- Para controlar a quantidade de clientes dentro da loja, é importante criar um sistema de senhas. Pode ser algo simples como um papel plastificado com o número, entregue na entrada e coletado na saída do cliente da loja. O importante é que seja de um material que possa ser higienizado a cada uso. 

- Na entrada, deixe um funcionário para orientar os clientes sobre os protocolos de segurança da loja. Peça para medir a temperatura, usar a máscara o tempo todo dentro do estabelecimento e também para higienizar as mãos com álcool em gel.

- Intensifique a limpeza de lugares com intenso contato, como, por exemplo, os puxadores do freezer, balcões e gôndolas próximas ao caixa.

- Veja como pode fracionar os produtos perecíveis, para facilitar o autosserviço e evitar contato desnecessário. Dessa maneira, você evita que os clientes formem uma fila em áreas de grande fluxo como o açougue ou padaria. Caso não seja possível, instale marcações de distanciamento no chão para orientar os clientes.

- Divulgue em vários lugares da loja as orientações de como evitar o contágio e sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras. É importante incentivar a conscientização dos clientes para a segurança de todos.

- Antes de disponibilizar a cesta ou carrinho para o próximo cliente, faça a higienização do utensílio ou ofereça papel e produto de limpeza para que ele mesmo limpe antes de usar.

Atenção redobrada com os colaboradores

- Tenha um cuidado especial com a área de chegada dos colaboradores para evitar a contaminação. Crie um espaço reservado para ele deixar os seus itens pessoais, higienizar os sapatos e trocar de roupa.

- Assim como para a entrada dos clientes, tenha o cuidado de medir a temperatura dos funcionários todos os dias.

- Além de oferecer máscara, álcool em gel, verifique a possibilidade de instalar uma barreira física transparente no caixa.

- Oriente todos os colaboradores sobre os protocolos de segurança e as maneiras disponíveis para evitar o contágio.

- Para evitar aglomeração, agende a entrega de produtos e o atendimento dos fornecedores.

É essencial que todos façam a sua parte para conter a disseminação do vírus. Avalie constantemente se os procedimentos adotados estão sendo cumpridos pelos colaboradores, incentive a conduta correta dos fornecedores e monitore as ações dos clientes dentro do seu negócio. Além disso, esteja sempre atento às recomendações específicas determinadas pelos governadores e prefeitos.

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola