Empreendedorismo

Food Truck no condomínio

Postado em: 26 de Agosto às 15:19 Por Ana Paula Moreira

Ao levar o food truck para dentro dos condomínios, a empreendedora aproxima o seu produto dos clientes

Uma pesquisa feita pela Mobills, startup de gestão de finanças pessoais que analisou dados de mais de 160 mil usuários de seu aplicativo, aponta que, entre janeiro e maio de 2020, os gastos dos consumidores com os principais aplicativos de delivery de comida aumentaram 94,67%.  Atenta às mudanças no comportamento dos consumidores, Kelly Cristine Bage, proprietária do Degustare Food, de Curitiba (PR), percebeu que encurtar a distância do cliente até o seu produto seria uma maneira de inovar.

Antes das medidas de isolamento social entrarem em vigor, ela já havia participado de festivais gastronômicos com outros food trucks dentro de condomínios residenciais. Como esses ambientes reúnem uma grande quantidade de pessoas, observou que essa era uma ótima oportunidade para continuar trabalhando mesmo sem festas e eventos.

 “Tivemos que nos adaptar para continuar trabalhando no atual cenário. Antes, montávamos toda uma estrutura para que os moradores pudessem consumir no local. Mas, para garantir o isolamento, agora eles fazem o pedido via WhatsApp e somente retiram no food truck”, explica Kelly, que conseguiu obter uma demanda suficiente para manter a equipe.

 

O food truck de comida de boteco serve desde pão com bife até hambúrguer dentro de condomínios

Apesar de tantas incertezas com a crise, a empreendedora se mantém positiva com o futuro. “Acredito que esse será um formato solicitado por muitos condomínios/empresas. Estamos passando por um período de aprendizado, mas acreditamos que sempre precisamos melhorar em todos os aspectos para estarmos preparados para qualquer situação”, finaliza Kelly.

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola