Dicas

07 dicas para criar a 'Playlist' do seu negócio e lucrar mais

Postado em: 27 de Julho de 2022 às 14:31 Por Jhonatan Alves

A música tem um efeito sobre o cérebro humano que o impulsiona a sentir com mais intensidade e com isso você pode lucrar mais!

Já se perguntou por que os supermercados têm músicas tocando ao fundo? Isso é uma estratégia para que os consumidores fiquem mais animados e acabem sentindo-se felizes naquele ambiente, portanto, mais propensos a gastarem mais.

Mas, para que essa estratégia funcione existem alguns segredinhos a se seguir. Vem com a Academia Assaí e siga nossas dicas para um ambiente musicalizado de qualidade no seu negócio!

Playlist

1 – Separe músicas agradáveis que tenham a ver com o público do seu negócio, mas, lembre-se: nada de música alta, isso pode atrapalhar! O Ideal é um som ambiente baixo que sobressaia às conversas paralelas, mas que não prejudique a comunicação.

2 – Invista em equipamentos de som de qualidade. Nada de ruídos ou chiados na reprodução das músicas. Espalhe uniformemente as caixas de som pelo ambiente, a fim de que o som se torne equilibrado em todas as áreas do seu estabelecimento.

3 – As músicas a serem tocadas devem estar conversando com sua marca. Se você tem um ponto fixo de açaí e uma clientela mais jovem, as músicas devem estar de acordo com as playlists mais acessadas e com os últimos lançamentos. Até mesmo de acordo com as músicas ‘Trends’ (em alta) nas redes sociais.

Caso seja um público de mercearia por exemplo, investir numa playlist de grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB), Rock Brasil e alguns clássicos como Queen, The Beatles, Elvis Presley, entre outros, pode ser mais benéfico.

4 – É importante que as listas sejam longas com 300 a 400 músicas para que não haja a repetição da música enquanto um cliente está no estabelecimento. A repetição exagerada pode causar frustração.

5 – Músicas mais animadas podem ajudar se seu negócio for uma lanchonete, uma banca de feira ou barraca de sorvetes, que necessitam de atendimentos mais rápidos. A animação incentiva o consumo por criar um senso de urgência, mas se você tiver um restaurante e o jantar que era para ser romântico for atrapalhado por batucadas, não será tão interessante!

6 – Alterar o volume também é importante! Pela manhã, se seu negócio abre às 9h o som deve começar bem baixinho e ir aumentando durante o dia. Às 18h você pode ter outro pico no volume, mas sem exageros. Essas alterações no volume permitem uma animação repentina nos clientes, que podem vir a comprar mais.

7 – Aproveite as playlists dos Apps de streaming que mais fazem sucesso para adaptar ao seu negócio. Você pode investir em uma assinatura mensal pela empresa.

E aí, gostou das nossas dicas musicais para o seu negócio? Para não perder nada, acesse nossas redes sociais e ouça o podcast ‘Negócio em Dia’, disponíveis AQUI.

Vitrine do Fornecedor

Ambev
Perdigão

Patrocinadores Master

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Ambulantes

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Bares e Lanchonetes

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Dogueiros e Food trucks

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Empreender na Prática

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Padarias e Confeitarias

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Pizzarias

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Restaurantes

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Superando Desafios

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Todos podem Empreender

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Vencendo na Crise

Conteúdo patrocinado por:

Patrocinadores Vendas por Encomenda