EconomiaEmpreendedor

6 iniciativas para ajudar financeiramente pequenos negócios - Parte 2

Postado em: 27 de Abril às 14:25 Por Redação

Conheça mais ações de apoio a pequenos negócios de alimentação

Recentemente você conferiu aqui no Portal Academia Assaí Bons Negócios 5 iniciativas para ajudar financeiramente pequenos negócios que vêm lutando contra os impactos da quarentena. Essas iniciativas, que partem de grandes empresas e têm como objetivo alcançar e fortalecer pequenos empreendimentos em todo o Brasil, vêm crescendo nesse período de baixa atividade econômica.

Confira abaixo mais 6 ações que beneficiam pequenos negócios e impactam diretamente quem atua no mercado de alimentação!

1. ASSAÍ ATACADISTA

O Assaí Atacadista faz parte desse grupo de empresas preocupadas com a sobrevivência dos pequenos negócios. Por meio do Instituto GPA, a rede está contribuindo com fundos de crédito emergenciais para auxiliar micro e pequenos negócios.

A primeira iniciativa é a contribuição com o fundo Éditodos, que tem como objetivo apoiar empreendedores(as) negros(as), principalmente negócios geridos por mulheres. O fundo, apoiado pelo Assaí junto com um coletivo de empresas como Itaú Unibanco e Instituto C&A, apoiará, em média, 500 empreendedores com até R$ 2 mil para cada.

A segunda contribuição será para o fundo Periferia Empreendedora, que foca em pequenos e micro negócios da periferia que foram afetados nos últimos meses. Junto com o Assaí, a iniciativa conta com o apoio de outras empresas, como Casas Bahia e Paypal, e organizações não governamentais, e irá beneficiar aproximadamente 250 empreendedores com até R$ 3 mil para cada.

Clique aqui para saber mais sobre essa iniciativa!

2. HEINEKEN

Para apoiar os bares durante o período de pandemia, o Grupo Heineken criou a campanha Brinde do Bem (www.brindedobem.com), que pretende arrecadar recursos financeiros para manter esses estabelecimentos em funcionamento durante o período de isolamento social, impedindo que centenas de bares encerrem suas atividades.

Pelo site da campanha, o usuário pode adquirir vouchers de bares de todos os estados do Brasil, nos valores de R$ 25, R$ 50, R$ 70 e R$ 100. A Heineken dobrará os valores de cada voucher. Quando um usuário compra um voucher de R$70, por exemplo, a marca de cervejas doa mais R$70 para contribuir com o funcionamento do bar selecionado. Os valores adquiridos serão utilizados pelos consumidores a partir do momento em que os estabelecimentos voltarem ao funcionamento normal.

O período de arrecadação da campanha teve início no dia 2 de abril e se estenderá até 31 de maio ou até atingir o limite de R$7,5 milhões em contribuições pelo Grupo Heineken. Durante esse período, o valor dos vouchers adquiridos será repassado aos estabelecimentos em até 72 horas. Já o valor referente à contribuição pela marca de cervejas será repassado somente após o encerramento do período de arrecadação.

A plataforma está aberta para cadastro de novos bares de todo o Brasil  – como critério, o estabelecimento deve trabalhar com produtos do portfólio do Grupo Heineken, ainda que de forma não exclusiva.

Para cadastrar o seu bar, acesse o site da iniciativa e clique em “Quer cadastrar seu bar no Brinde do Bem?”, e para acessar o regulamento da campanha, clique aqui.

3. BOHEMIA

A Bohemia é outra marca de cervejas que vai contribuir com o caixa de bares brasileiros. Por meio da campanha Ajude um Buteco (www.ajudeumbuteco.com.br), a marca pretende arrecadar R$50 milhões para o setor, contribuindo para que mais de 15 mil bares estejam com as portas abertas após o período de quarentena.

Para isso, no site da campanha são disponibilizadas três opções de cupom para uso quando os estabelecimentos voltarem a atender. O primeiro, no valor de R$100, pode ser adquirido com 50% de desconto. Nesse caso, o usuário paga R$50 e tem direito ao valor integral do cupom, com a Bohemia pagando a outra metade. Os outros dois cupons são de R$50,00 e R$25, ambos com 25% de desconto, sendo que o cliente paga R$40 e R$20, respectivamente para contar com o valor integral do cupom como consumação de qualquer produto do bar.

Além dessa forma de contribuição, pelo site é possível fazer doações a partir de R$10 para contribuir com um fundo de apoio a bares e botecos cadastrados. O valor total arrecadado será dividido em partes iguais entre todos os estabelecimentos participantes.

Até o momento, a iniciativa já arrecadou mais de R$800 mil e ultrapassou a marca de 6 mil estabelecimentos cadastrados. Para cadastrar seu bar, acesse o site do Ajude um Buteco e clique em “Cadastre seu estabelecimento”. Para consultar os termos de adesão da campanha, clique aqui.

4. START PLAY

Com o mote “Compre um vale-presente hoje para o seu lugar favorito não quebrar amanhã”, a plataforma de pagamentos Start Play, junto com a jornalista Alexandra Forbes, criou o movimento GGG – Gentileza Gera Gentileza (www.gggpelobrasil.org), com o objetivo de ajudar restaurantes, cafés e demais estabelecimentos de alimentação do estado de São Paulo a se manterem operacionais até que o momento mais crítico da crise passe.

Para comprar um voucher, o usuário precisa baixar o aplicativo de celular da Start Play e fazer o cadastro. Pelo próprio aplicativo é possível conferir a lista de todos os estabelecimentos participantes e comprar o voucher do local desejado – com valor único de R$ 150,00 – que poderá ser utilizado entre 01/10/2020 e 01/10/2021. O valor de cada voucher comprado cai integralmente na conta do estabelecimento em até 48 horas.

Para cadastrar seu negócio de alimentação na plataforma, basta enviar os dados do empreendimentos para vinicius@gggbrasil.org

5. EBANX

Com o objetivo de facilitar a vida de empreendedores que estão adaptando seus negócios para vendas on-line durante a quarentena, o banco Ebanx lançou sistema de vendas pela Internet com funcionalidades que ajudam pequenos comerciantes. Por meio da plataforma, chamada Ebanx Beep (www.ebanxbeep.com), pequenos comerciantes e profissionais autônomos podem criar uma “loja virtual” gratuitamente de forma bastante simples e comercializar vouchers que podem ser trocados em datas combinadas com o cliente.

O processamento dos pagamentos é feito pelo Ebanx Pay, sistema disponibilizado dentro da plataforma. Os pagamentos podem ser feitos por boleto bancário ou cartão de crédito (todas as bandeiras são aceitas, com possibilidade de parcelamento).

Com o Ebanx Beep, um(a) confeiteiro(a), por exemplo, pode criar uma loja virtual com seus bolos e doces e comercializar vouchers para entrega por delivery ou para consumo no local de atendimento, caso possua, após o fim da quarentena.

6. CLARO

Para ajudar pequenos comerciantes durante a quarentena, a Claro lançou a campanha Push do Bem (claro.pushdobem.com.br), na qual serão utilizados recursos de geolocalização para enviar notificações personalizadas para o celular dos clientes da operadora de telefonia com sugestões de comércios e serviços disponíveis nas proximidades.

Por meio do serviço de envio de mensagens, que ocorrerá em todo o Brasil, os pequenos negócios que participarem da ação poderão enviar notificações com até cinco imagens de seus produtos e serviços para o público da sua região.

Para obter mais informações e cadastrar seu negócio, acesse o site da campanha Push do Bem.

Gostou dessas iniciativas? Fique ligado no portal da Academia Assaí Bons Negócios para mais conteúdos especiais para você, que possui um negócio de alimentação.

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
Kibon
DelValle
Coca-cola