AtualidadesEmpreendedor

Governo afirma que 2ª parcela do auxílio de R$600 não será antecipada

Postado em: 28 de Abril às 21:29 Por Redação

Segundo o Ministério da Cidadania, o alto número de cadastrados e fatores legais impedem a antecipação.

Em nota divulgada na última quarta-feira (22), o Ministério da Cidadania informou que não será possível antecipar a segunda parcela do auxílio emergencial, devido ao alto número de cadastrados e o fato de que muitos beneficiados ainda não receberam a primeira parcela, sendo necessária a abertura de crédito suplementar para garantir a antecipação da segunda parte do benefício, além do pagamento da primeira.

De acordo com o ministério, uma nota técnica solicitando ao Ministério da Economia a previsão para uma suplementação orçamentária já foi produzida. “Em virtude disso, por fatores legais e orçamentários, pelo alto número de requerentes que ainda estão em análise, estamos impedidos legalmente de fazer a antecipação da segunda parcela do auxílio emergencial”, afirmou em nota.

O Ministério da Cidadania enfatizou que o atendimento completo da primeira parcela será realizado após a definição da suplementação orçamentária. Além disso, a previsão é que o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial seja anunciado somente no mês de maio.

Segundo o Governo Federal, “já foram transferidos R$ 31,2 bilhões para a Caixa Econômica Federal que irão atender até o final do mês, incluindo beneficiários do Bolsa Família, mais de 43 milhões de pessoas”.

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
DelValle
Coca-cola