Dicas

Distribuidora de bebidas: dicas para montar a sua e quais as vantagens

Postado em: 19 de Janeiro de 2021 às 09:00 Por Paulo Henrique Ribas

Em uma divulgação recente realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os termos mais buscados no site em 2020 foram relacionados à distribuidora de bebidas. 

Se você atua ou deseja ampliar seu negócio para o segmento de bebidas, acompanhe a leitura e confira quais as vantagens que o setor tem para te oferecer e como abrir a sua loja com segurança.
Uma das principais vantagens de se abrir uma distribuidora de bebidas é a possibilidade de estocagem de produtos. 
Um estoque com volume maior, dá ao empreendedor a oportunidade de revender bebidas a um preço menor que em bares e restaurantes, tanto para estabelecimentos quanto para consumidores diretos. Além disso, produtos desta natureza possuem uma data de validade mais longa, o que reduz as chances de perdas de produtos.

8 dicas para abrir uma distribuidora de bebidas de sucesso
 

As dicas abaixo abordam diversos pontos essenciais para quem deseja montar um estabelecimento de bebidas. Todas as informações são com base nos dados do Sebrae, confira:

1 - Localização: Para definir o local do estabelecimento, certifique-se que há um boa concentração de pessoas na região, e espaço físico para gerenciar o estoque, recebimento de carga e descarga, área administrativa, balcão de atendimento e banheiro. Calcula-se no mínimo 50 m².

2 - Legislação: A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos, por isso, o estabelecimento deve deixar essa informação evidenciada no interior da loja.
Além disso, distribuidoras de bebidas não podem ser instaladas próximo a  rodovias federais devido a lei nº 11.705 que não permite a venda de bebidas alcoólicas para o consumo no local.

3 - Equipamentos: Existem alguns equipamentos que são considerados essenciais para montar uma distribuidora de bebidas, dentre eles:
-    Gôndolas;
-    Prateleiras;
-    Freezer e geladeiras;
-    Carrinho de transporte, equipamentos como pallets e engradados para manusear corretamente os produtos;
-    Um computador ou tablet com software para controle de estoque, volume de vendas, entradas, saídas, cadastro de clientes e faturamento. 
Aqui no blog, já escrevemos sobre Como fazer uma ficha de estoque para controlar mercadorias. Ao final deste material, passe por lá e confira se ela pode te ajudar.

4 - Capital de giro: Para montar uma distribuidora com segurança, é preciso que seu capital de giro seja entre 20% a 30% do valor total necessário para o investimento.
Supondo que seja necessário 20 mil reais, seu capital de giro deve ser de pelo menos 4 mil.

5 - Diferenciais: Produtos complementares aumentam o número de clientes e o faturamento do estabelecimento!  Por isso, seja criativo e estratégico na hora de pensar em quais produtos irá incluir em sua loja.

6 - Tributação: Pela lei, estabelecimentos como distribuidoras de bebidas não podem ser tributadas pelo Simples Nacional, sendo possível apenas o Lucro Presumido ou Lucro Real.

7 - Divulgação e impacto social: Ao definir quais e como serão os modos de divulgação e marketing do seu negócio, não faça propagandas que sugiram o uso abusivo e irresponsável dos produtos que serão vendidos.

8 - Fornecedores: Se você já empreende em algum ramo, sabe que uma boa relação com os fornecedores te garantem mais prazos, melhores preços e produtos. Por isso, assegure-se de que terá boas parcerias em 2021.

Gostou das dicas? Você pode acompanhar outros materiais como este acessando nossa galeria completa de conteúdos, ou ouvindo nosso podcast Negócio Em Dia em todas as plataformas de áudio.

 

Vitrine do Fornecedor

Coca-cola
DelValle
Kibon
Unilever