DicasEmpreendedor

Saiba como evitar o desperdício de alimentos

Postado em: 27 de Maio às 22:00 Por Ana Paula Moreira

Para manter o equilíbrio financeiro redobre a atenção com o estoque para evitar o desperdício de alimentos

Uma grande parcela dos empreendedores do setor de alimentos trabalha dentro de casa. Apesar de não ter uma mudança de ambiente, o cenário de incertezas impacta diretamente a quantidade de vendas. Para manter a saúde do seu negócio, o primeiro passo é evitar o desperdício de alimentos.

Nos próximos meses prever o ritmo de compra dos seus clientes será difícil. Sendo assim, a compra dos insumos requer um cuidado especial. Será necessário criar um estoque de alimentos que atenda a produção e, ao mesmo tempo, fazer com que eles durem por mais tempo, caso a quantidade de vendas oscile muito de semana a semana.

Listamos algumas dicas para te ajudar com essa missão. De ações básicas que apenas precisam ter mais atenção por conta do período delicado, até aquelas que exigem técnicas mais específicas. Confira!

Organização

Organização é a palavra-chave para evitar o desperdício. Quando se tem uma produção caseira, os limites do estoque do empreendimento e do que é para o consumo familiar, precisam ser bem delimitados. Com todo mundo mais tempo em casa, vai ser necessário estabelecer esse diálogo e pedir o apoio de todos os integrantes.

Após delimitar esse espaço, a personal organizer, Fernanda Piva, explica como organizar os alimentos na cozinha.

- No armário defina espaços para os alimentos. Evite guardar os insumos com os utensílios. Tenha um armário ou parte dele destinado apenas para mantimentos e categorize-os: “em uso”, “estoque” ou “fechados”.

- Invista em cestos e organizadores de mantimentos. Isso conserva melhor e facilita a limpeza. A organização da despensa permite que você visualize todo o seu estoque, perceba o que precisa repor e, assim, não haverá perda financeira e desperdício de alimentos.

- Independente do modelo de geladeira, seja ela grande ou pequena, existem alguns cuidados na distribuição dos alimentos para que eles durem mais. Na área de cima, deixe os alimentos mais perecíveis como queijos, embutidos e ovos. No meio, os alimentos já preparados, sempre bem vedados em potes, para evitar qualquer contaminação. Na parte de baixo, deixe as frutas e legumes. Já as folhas, devem ser mantidas dentro da gaveta, o lugar mais distante do congelador.

Branqueamento

O branqueamento é uma técnica antiga, prática e muito eficiente que aumenta a durabilidade de frutas e hortaliças. Gabrielle Mahamud, fundadora da ONG Good Truck Brasil, explica como funciona. “O processo consiste basicamente em cozinhar os vegetais e cessar o cozimento com água gelada, gerando um choque térmico que ajuda a conservar os nutrientes do alimento e aumentar sua durabilidade”.

A técnica não requer nenhum equipamento, mas atenção com cada etapa do procedimento:

  1. Faça a higienização dos vegetais
  2. Corte os vegetais da maneira como preferir, rodelas ou quadrados.
  3. Cozinhe por cerca de três minutos
  4. Coloque o vegetal quente direto em uma bacia de água bem gelada para cessar o cozimento. Inclusive, pode colocar cubos de gelo na água para atingir a temperatura. Deixe imerso por cerca de 5 minutos.
  5. Retire os vegetais e deixe a água escorrer bem. Coloque sobre um pano limpo e deixe secar.
  6. Depois, condicione em potes ou plásticos dentro do congelador.

 

No momento de descongelar, o mais seguro é optar pelo descongelamento lento em geladeira. Assim você evita o risco da proliferação de microrganismos patogênicos. “Lembrando sempre de verificar antes quais alimentos que podem ou não passar por esse processo”, ressalta Gabrielly.

Quer saber mais? Preparamos uma matéria sobre os protocolos de higienização dos alimentos para evitar a presença de microrganismos. Vale a pena conferir!

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Unilever
DelValle
Coca-cola